Antes do financiamento estudantil: Conheça os programas de bolsas estudantis

O financiamento estudantil é uma excelente opção para quem deseja ingressar na faculdade mas não pode cumprir com as mensalidades. O problema é que esse tipo de recurso vem acompanhado de juros que podem acabar endividando quem não se prepara para eles.

Por isso, trouxemos algumas sugestões para você que está pensando e optar pelo financiamento estudantil. Antes de fechar negócio, conheça a seguir alguns programas que podem ajudar você:

Quero Bolsa

Se você quer começar a sua graduação, mas está se deparando com preços bem altos, temos uma sugestão interessante para você. Trata-se do Quero Bolsa 2020um programa que auxilia o estudante a começar o cursos dos seus sonhos pagando menos.

Essa é uma iniciativa privada que funciona através de uma plataforma digital. A proposta é voltada para os estudantes que nunca cursaram uma graduação e possuem renda baixa ou média.

As bolsas distribuídas são possíveis através de uma parceria entre o Quero Bolsa e as instituições do ensino privado. Para concorrer, basta se inscrever no site oficial e aguardar a avaliação do seu perfil.

Educa Mais Brasil

Uma outra opção que funciona de forma online, assim como o Quero Bolsa, é o Educa mais Brasil. Ambos os programas não exigem participação dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio.

Os estudantes podem conseguir até 70% de desconto nas mensalidades do seu curso, basta acessar o site, informar a sua localização e verificar as opções disponíveis.

Vale mencionar que para garantir a aquisição dos descontos na mensalidade até o final do curso, o estudante precisa cumprir com uma mensalidade de forma integral. Depois, os descontos serão automáticos, durando até o final da sua graduação!

Novos Caminhos

Os programas mencionados acima, são destinados ao público que busca soluções financeiras para uma graduação. Por isso, trouxemos também uma opção diferenciada para quem pode se interessar por outros níveis de formação. Estamos falando do programa Novos Caminhos, um programa destinado a distribuição de vagas para o ensino técnico.

Esse tipo de formação possui muitas vantagens como o foco voltado para o mercado de trabalho e a curta duração. E o melhor é que você pode conseguir o seu curso inteiramente gratuito.

Isso será possível para os candidatos que se inscreverem no programa Novos Caminhos após o lançamento do edital. As vagas são muitas e vale a pena participar das inscrições para se tornar capacitado para o mercado em pouco tempo e ainda sem ter custos!

Fim do financiamento? Ministro da Educação faz grandes criticas ao FIES

Você já ouviu falar no FIES? O FIES é um programa de financiamento estudantil que proporciona condições bastante acessíveis para os estudantes de renda baixa e média.

Para quem está acompanhando as últimas notícias sobre o corte de verbas no atual governo, já deve ter se perguntado sobre o destino do financiamento.

Afinal, você ainda poderá estar usando o recurso para começar a sua graduação? Leia as informações a seguir e saiba da previsão para o programa:

O FIES é um programa de financiamento estudantil conhecido por proporcionar as melhores condições de aquisição para os estudantes, sedo um dos métodos mais utilizados para essa finalidade.

O programa funciona através de uma parceira do Governo com as instituições do ensino particular e é distribuído em diferentes tipos de bolsa para beneficiar corretamente os estudantes de acordo com sua renda.

Anualmente, o Governo investe milhões na proposta, já que é responsável por financiar as mensalidades do curso, até que o estudante possa concluir o mesmo e passe a contribuir com os pagamentos.

Como você já deve saber, o Governo Bolsonaro está trazendo uma redução considerável de orçamento para alguns setores do paí, como por exemplo, a educação.

E foram justamente esses cortes que desencadearam algumas críticas em relação ao programa, o que enfatizou os problemas do programa de financiamento estudantil.

Então será que você poderá começar a estudar através do FIES 2020?Como mencionado, o setor da educação estará passando por cortes importantes, além de uma reavaliação de suas propostas.

De acordo com o Ministro da Educação, as propostas do FIES não têm sido inteiramente cumpridas. O programa foi criado pelo Presidente Lula e após passar por diferentes administrações, acabou em algumas situações.

Uma delas é o evidente número de estudantes devedores do programa, que se tornou um problema para os cofres públicos que dependem do valor para prosseguir com o funcionamento da proposta

Mas se você está se perguntando se ainda poderá usar o FIES para próxima edução, vale a pena lembrar que o programa não estará chegando ao fim, o que não quer dizer que o mesmo não sofrerá mudanças.

A verba esperada para o FIES caiu consideravelmente, o que vai afetar diretamente no funcionamento do programa. Como mencionado, a proposta não chegará ao fim mas haverá uma grande redução no número de bolsas oferecidas.

E esse fator pode interferir ainda na própria concorrência entre os estudantes que precisam atingir pontuação mínima no Enem para ingressar no curso.

Políticas sociais brasileiras na área da educação são referência internacional

Apesar de claramente podermos apontar alguns déficits em relação a educação no país, não é possível ignorar a quantidade de programas, projetos e formas de incentivar a educação através de políticas sociais.

E é exatamente essa visão de incentivo a educação, que pode ser melhor visualizada a partir de um olhar estrangeiro, que colocou o Brasil em destaque em relação as suas políticas sociais.

Quando falamos que o Brasil é referência internacional em questão de politicas sociais na educação, não estamos, nem de longe, ignorando outros problemas recorrentes na educação do país, mas sim enfatizando as propostas de mudança e melhoria.

De acordo com pesquisas que vem sendo realizadas e divulgadas desde 2015, o Brasil tem sido uma referência em relação a programas que incentivam a qualificação profissional e a diversidade social.

E quando mencionamos esse ponto, não podemos relacionar de maneira única a programas de transferência de renda, tais como o Bolsa Família, mas programas que promovem capacitação e acesso facilitado a educação.

Temos como um grande exemplo de projetos que objetivam essas finalidades o PRONATEC 2020, um programa que promove acesso a algumas das melhores instituições do ensino técnico do país.

O que nos leva a um segundo ponto: as novas tendências da educação. O Brasil, mesmo que ainda precise estabelecer melhorias no campo da escolarização, desenvolveu o Pronatec desde que o ensino técnico ficou em destaque.

E podemos trazer a tona ainda, a adaptação de programas como o Pronatec para diferentes modalidades de ensino. É o caso do PRONATEC EAD 2020que estará oferecendo capacitação a distância aos jovens para os mais variados cursos do mercado.

A atuação das politicas sociais na educação do país, não fica só limitada a criação de programas para qualificar os jovens, mas também a ferramentas específicas dentro dos próprios programas.

São as chamadas cotas, uma porcentagem de vagas dentro desses programas que devem ser destinadas a um público específico, desde estudantes da rede pública até pessoas com necessidades especiais.

Um outro ponto que pode ainda fortalecer a visão de fora que os países têm sobre o Brasil são as etapas posteriores a capacitação. Ou seja, a educação investe também para movimentar o mercado de trabalho.

Isso é possível através de programas que incentivam a prática do conteúdo teórico ensinado nas instituições. As escolas técnicas do Sistema S, por exemplo, promovem a experiência dentro da própria unidade.

Enquanto isso, outros programas como o Jovem Aprendiz, são responsáveis por destinar uma porcentagem das vagas de grandes empresas para jovens entre 14 e 24 que nunca tiveram a carteira de trabalho assinada.

5 melhores áreas para se trabalhar atualmente

O mercado de trabalho pode ser bem instável, fazendo com que as profissões mais demandadas alguns anos atrás fiquem desvalorizadas. Por isso, quem está pensando em se capacitar precisa estar atento as áreas que são promissoras para agora e para os próximos anos. Veja a seguir as 5 melhores áreas para se trabalhar atualmente:

Administração

O curso de Administração está sempre sendo um dos mais procurados do mercado. Isto porque a sua proposta de empregos é alta e bem ampla, permitindo a atuação em diferentes setores. Mesmo quando estamos falando dos primeiros períodos do curso, já existe oportunidades como as vagas Jovem Aprendiz.

A área de ADM sempre está oferecendo vagas para o programa, assim como também vagas para estagiários. Você pode começar a sua carreira trabalhando como Jovem Aprendiz Bradesco 2020por exemplo.

Estética

Para quem é mais interessado no mundo de beleza, vale mencionar que a área da Estética também está prometendo grandes oportunidades no mercado. São varias as formações, como design de sobrancelha, massoterapia, drenagem linfática, limpeza de pele, entre outros.

O profissional terá a possibilidade, não só de atuar em diferentes ambientes como também de se especializar em uma gama de capacitações que irão valorizar o seu currículo. Muitas pessoas tem investido na área!

Engenharia de Produção

E para os cursos de Engenharia, vamos dar destaque a especialização em Engenharia de Produção, um dos cursos mais procurados para o próximo ano. É possível, inclusive, conseguir começar o curso sem custo ou com desconto através de programas educacionais como o PROUNI e o Educa Mais Brasil.

Este profissional é fundamental para a empresa, uma vez que será ele o responsável pela elaboração e desenvolvimentos de projetos relacionados aos sistemas organizacionais e recursos naturais da mesma.

Marketing Digital

Uma outra área, que preciso passar por adaptações a fim de acompanhar as tendências do mercado, é a de Marketing Digital, uma área parcialmente voltada para a promoção de produtos, serviços e eventos na própria rede.

O profissional da área tem acesso a diferentes conteúdos, passando por marketing, administração, comunicação, produção textual, propaganda, entre outros.

Desenvolvedor Mobile

As carreiras relacionadas as mídias sociais e tecnologias têm sido a grande aposta do mercado para os próximos anos, e por isso, vale a pena fazer o curso de Desenvolvedor Mobile.

Mesmo em sua fase inicial, o profissional da área pode começar recebendo um salário superior e média, e tem grandes chances de crescimento em sua carreira.

Nota do ENEM baixa: O que fazer agora?

Para quem quer começar um curso superior, o método mais utilizado é o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Isto porque o sistema do Enem dá acesso a diversos programas que permitem ingressar em uma graduação.

Mas e quanto a quem tirou nota baixa, o que é possível fazer? Se você não se saiu tão bem na avaliação, ainda existem algumas opções que você pode conferir. Veja quais são elas a seguir:

Não passei: e agora?

Os estudantes que participam do Enem podem se inscrever, se estiverem de acordo com os requisitos, no Sistema de Seleção Unificada (SISU) e no Programa Universidade Para Todos (PROUNI).

Esses sistemas são respectivamente responsável pela distribuição e vagas da rede pública e da rede privada. O problema é que por apresentar condições facilitadas para os estudantes, as vagas disponíveis são muito concorridas.

Os candidatos precisam superar a nota de corte do SISU e do PROUNI, para um dos dois cursos selecionados na plataforma de inscrição. Essa nota pode variar bastante de um curso para outro.

E o que acontece com quem não conseguiu ficar acima dessa média?

Bem, os estudantes que participaram do Enem ainda tem duas opções. A primeira delas está relacionada as vagas remanescentes SISU 2020assim como as do PROUNI.

Essas vagas são referentes ao não preenchimento das bolsas, seja por desistência ou eliminação de outros candidatos. Sendo assim, o estudante que ficou bem próximo de conseguir a sua vaga, pode entrar na fila de espera e ser selecionado pela chamada remanescente.

A outra opção é aguardar o próximo semestre, do meio do ano, para inscrever a sua nota. É a chamada “segunda entrada do Enem”, em que os candidatos se inscrevem para novas vagas com a mesma nota.

Esse segundo semestre do SISU e do PROUNI tende a ser menos concorrido, afinal, os estudantes já optaram por outras opções de programas oferecidos.

Existe outra opção?

Se as opções acima não condizem com as suas expectativas sobre a universidade, saiba que você pode conseguir um bom desconto através do programa Educa Mais Brasil.

Você não precisa, necessariamente, realizar o Enem para conquistar uma bolsa pela inciativa, mas ter participado do exame pode garantir a dispensa do vestibular tradicional da instituição de sua escolha.

As vagas são ofertadas através da plataforma digital do Educa Mais Brasil e a inscrição é bem simples. Acesse o site e confira as opções para a sua cidade.

Programas do governo que foram criados com a intenção de gerar emprego

Quando falamos da recorrente situação de desemprego no país, estamos falando n;ão somente em questão de oferta e demanda. Muitas empresas alertam que o problema de preencher suas vagas é a falta de capacitação profissional para determinada área.

Pensando nisso, o Governo já lançou alguns programas a fim de reverter esse cenário e melhorar a qualidade do profissional que atua no mercado. Isso, é claro, sem precisar que quem está em busca de emprego precise pagar por sua profissionalização.

Conheça a seguir quais são esses programas e de que forma os brasileiros pode utilizá-los para ingressar com sucesso no mercado de trabalho:

Pronatec

Vamos começar falando do Pronatec. A sigla é refente ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego e como o próprio nome indica, o seu objetivo é promover o acesso ao ensino técnico capacitando jovens e adultos interessados.

De todos os programas, o Pronatec que se destaca por levar em consideração a demanda do mercado. Isto quer dizer, que o programa atua oferecendo cursos gratuitos com maior probabilidade de empregar seus estudantes.

Os cursos gratuitos Pronatec SP 2020por exemplo, estão com grande possibilidade de formação para áreas de exatas e tecnologias, cursos bastante procurados para esse ano.

O curso técnico apresenta mutias vantagens para os estudantes e entre elas, está a sua duração que fica em torno de alguns meses a até 3 anos.

Confira abaixo alguns dos cursos Pronatec 2020:

  • Técnico em Desenho de Construção Civil;
  • Técnico em Edificações;
  • Técnico em Armamento de Aeronaves;
  • Técnico em Artilharia;
  • Técnico em Cervejaria;
  • Técnico em Confeitaria;
  • Técnico em Panificação.
  • Técnico em Artesanato;
  • Técnico em Cenografia;
  • Técnico em Comunicação Visual;
  • Técnico em Petroquímica;
  • Entre outros.

Jovem Aprendiz

O programa Jovem Aprendiz é literalmente uma proposta para gerar emprego. Também desenvolvido pelo Governo Federal, o programa promove oportunidades par o primeiro emprego de jovens até 24 anos.

A proposta é possível através de parcerias com grandes instituições do mercado. E vale mencionar que além de promover emprego remunerado, o aprendiz também recebe instrução e capacitação necessária para atuar.

Muitos jovens já foram contemplados com uma vaga e puderam ingressar mesmo sem experiência no mercado de trabalho. Jovens que ainda estão cursando o Ensino Médio também podem participar.

O contrato de trabalho para as funções de Jovem Aprendiz é um pouco diferente das outras categorias de trabalho, podendo ser de até seis horas diárias, sem atrapalhar a carga horária escolar do estudante em questão.

Lista dos cursos menos disputados nas universidades públicas

Quem está se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio com a intenção de ingressar nas universidades públicas, já deve saber que as vagas são muito concorridas. Muita gente quer começar nas melhores instituições com bolsa de estudo e existem alguns cursos que são os mais queridos entre os concorrentes. Outros cursos tem um número menor de estudantes concorrendo e por isso, possuem um ponto de corte mais acessível.

Para se inscrever e concorrer as vagas distribuídas nas instituições públicas, os estudantes devem realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O exame era uma forma de avaliar o ensino nas escolas, mas com o tempo acabou padronizando o ingressos no ensino superior.

Depois de realizar o Enem, os estudantes que querem bolsa de estudo na rede pública devem inscrever sua nota no Sistema de Seleção Unificada (SISU). Ou seja, quem participou da última versão, pode ingressar na universidade a partir do SISU 2020.

A nota de corte SISU 2020 será o fator a determinar a distribuição de vagas. Dependendo da quantidade de vagas e da média das pessoas inscritas, essa nota pode ser baixa ou alta.

Para o curso de medicina, por exemplo, esta nota é sempre alta em todos os estados. Enquanto isso, outros cursos com pouca demanda da atuação no mercado de determinado estado pode estar mais baixa.

Se você está prestes a fazer o Enem e quer saber quais os cursos menos concorridos, preparamos uma pequena lista para você.Saiba quais são esses cursos e conheça um pouco sobre eles:

  • Física
  • Matemática
  • Ciências Biológicas.
  • Letras – Português

Em relação as licenciaturas , as notas de corte são relativamente ais baixas que a maioria dos cursos. E as formações como Física, Matemática, Ciência Biológicas e Letras para português são as menos concorridas da área.

  • Engenharia Bioquímica
  • Engenharia de Materiais

Algumas formações de Engenharia podem ser muito disputadas entre os participantes do Enem, entretanto, também existem aqueles cursos da área que são pouco procurados, no caso: Engenharia Bioquímica e Engenharia de Materiais.

  • Música

Para quem vai optar por um curso da área de Artes, uma boa opção é Música, que possui uma formação vasta e não é tão disputada no Sisu.

  • Ciências da Informação e da Documentação
  • Ciências dos Alimentos
  • Ciências Físicas e Biomoleculares

As ciências também têm sido pouco buscadas por quem vai participar do Enem, o que fez com que a nota de corte se tornasse mais acessível para os estudantes.

Programas educacionais que não precisam da nota do Enem

Sabemos que o Exame Nacional do Ensino Médio é uma das formas mais populares de ingressar em um curso, mas é importante lembrar que este não é o único recurso que você pode utilizar. Se você não fez o Enem esse ano, trouxemos algumas opções para você. Veja como começar o seu curso através das seguintes opções:

Pronatec

Você já ouviu falar do Pronatec? Este programa é totalmente voltado para a distribuição de bolsas de cursos técnicos. Estes cursos estão diretamente ligados ao mercado de trabalho e duram entre dois e três anos. O Pronatec tem parceria com as melhores instituições técnicas do país, como por exemplo as escolas do Sistema S: Senai e Senac.

O melhor é que as bolsas são inteiramente gratuitas e você pode participar das inscrições PRONATEC 2020 sem ter participado do Enem. As vagas são ofertadas periodicamente no site do Pronatec e você deve se cadastrar para o seu curso de interesse. A inscrição e gratuita e online, portanto vale a pena ficar de olho nas oportunidades para a sua região!

Quer saber mais? Acesse o link a seguir: pronatec2020.com

Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil é uma inciativa online que permite a distribuição de bolsas de estudo no ensino privado. Estas bolsas representam descontos de até 70% para os estudantes e quem se encaixa nos critérios socioeconômicos do programa pode se inscrever. Para isto, basta acessar o site oficial e conferir as oportunidades disponíveis para você.

Quando encontrar a sua bolsa ideal, finalize seu cadastro e aguarde o retorno do programa. A inciativa não cobra taxas, mas ser necessário que você pague a primeira mensalidade integral do seu curso. As próximas mensalidades já virão com o valor descontado e o desconto é válido até o final do curso.

Lembrando que você não precisa ter feito o Enem para garantir a sua bolsa, mas pode ser necessário fazer o vestibular da faculdade escolhida!

Quero Bolsa

O Quero Bolsa é outra iniciativa que funciona através da internet. Assim como o Educa Mais Brasil, o Quero Bolsa também não exige a participação no Enem. Ter feito o Enem pode garantir somente a dispensa para o vestibular próprio da sua faculdade escolhida, dependendo da sua nota.

Para conseguir a sua bolsa, basta acessar o site oficial do programa e encontrar a melhor opção para você. Depois é só concluir o seu cadastro e realizar a matrícula presencial na instituição em que você irá estudar.

Saiba como inserir o habito da leitura em crianças

O letramento literário é parte importante da alfabetização do seu filho. Mas muitos pais e até profissionais da educação podem sentir dificuldade na hora de inserir o hábito da leitura nas crianças. Esta dificuldade é comum e pode ser revertida com algumas dicas interessantes. Leia o texto abaixo e saiba o que você pode fazer para ajudar no processo de letramento do seu filho.

Comece com livros de colorir

Este ponto é ideal para quem tem filhos entre 2 e 4 anos. Nesta época, se estiver na escola, a criança já pode ter desenvolvido noções de alfabeto e linhas. O livro para colorir será o ponta pé inicial. Mas lembre-se de enfatizar que nem todos os livros são de colorir!

Leia sempre

Nada melhor para incentivar uma criança do que dar o exemplo, portanto, faça o possível para que seu filho veja você lendo. Assim, você estará despertando a curiosidade nele e demonstrando que a leitura é uma atividade recreativa e não deve ser feita só na escola.

Escolham livros juntos

Como você precisará participar do processo literário da criança, uma boa dica é que vocês possam escolher um livro para começar a ler.  Visite a livraria e escolha um título.

Ler para a criança

Você deve ter muito cuidado com esta dica, pois se você criar o costume de sempre ler para o seu filho, ele pode se tornar ocioso na leitura. O ideal é que vocês possam reversar o papel de leitor da historinha.

Escolha livros de desenhos animados

Esta dica pode ajudar muito os pais que tem crianças viciadas em ver televisão. é preciso equilibrar as atividades, então, aproveite os desenhos animados que o seu filho gosta e compre livrinhos temáticos.

Ensine a cuidar dos livros

A medida que a criança for crescendo e desenvolvendo outras habilidades, ensine a valorizar e cuidar do livro. Se possível, crie uma estante ou  ambiente de leitura em casa para que a criança tenha um espaço próprio e organizado para manter seus livros.

Faça do livro um presente

Sempre que puder, dê um livro como presente. Desta forma, o seu filho verá a leitura como uma recompensa e começará a zelar por seus novos prêmios.

Visite livrarias e bibliotecas

Quando já estiver em um idade mais avançada, leve a criança para visitar livrarias e bibliotecas. Este ambiente é muito convidativo a leitura e com certeza irá estimular o seu filho a gostar ainda mais de livros.