Caso a loucura fosse uma pessoa

10 de junho de 2017 em Poesia

Caso a loucura fosse uma pessoa,
ela seria minha melhor amiga,
cativante, divertida e sedutora
em seu jeito abstrato de ser.
Enquanto, por outro lado,
a sanidade sempre tão sã…
eu nunca me ative à ela,
tão cheia de si, e certezas…
sou alguém que deseja por
não ser apenas um outro
divagando entre os jardins
deste hospício de sanidade,
nadando contra a corrente,
voando contra o vento,
sou um tipo de Caixeiro-viajante,
imutável metamorfose ambulante.

Comentários no Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas