CERTEZAS

29 de março de 2017 em Geral

 

Não sei se faço poesia ou prosa,
pois, escrevo sobre o que há pra ser visto,
e vejo o que há pra ser sentido,

sinto o que há pra ser vivido
ou sobre o que penso ter vivido
sinto

Sou um esboço de mim.
Minha sede é meu verso
que bebo num só gole.

A minha poesia janta comigo,
à luz de velas.

Eu não tenho certezas
nem mesmo velhas…

Comentários no Facebook

Pular para a barra de ferramentas