Fazendo uma Ficha Catalográfica

A Lei do Livro — Lei nº. 10.753/2003 — instituiu no seu art. 6º que “na editoração do livro, é obrigatória a adoção do Número Internacional Padronizado, bem como a ficha de catalogação para publicação” e, que “o número referido no caput deste artigo constará da quarta capa do livro impresso”.

O Número Internacional Padronizado é melhor conhecido pelo termo em inglês, ISBN ou International Standard Book Number, gerenciado pela Agência Brasileira de ISBN, vinculada à Fundação Biblioteca Nacional, do Rio de Janeiro.

A ficha de catalogação para publicação, ou Ficha Catalográfica, tem suas origens nas fichas de papel dos catálogos de consulta de acervo de bibliotecas. As fichas eram criadas em cópias para serem colocadas nos livros e nos catálogos em gavetas. Havia tantas fichas quanto houvesse catálogos de busca: por título, por autor, por assunto. Convenções de padronização determinaram regras diversas, tal como qual entrada deve ser a primária ou como referir-se às informações da obra na ficha.

A Biblioteconomia é a área responsável por esse tipo de informação. No Brasil, a entidade mais frequentemente associada à catalogação é a Câmara Brasileira do Livro, que (justificadamente) cobra pelo serviço. Contudo, é possível para o próprio autor criar a Ficha. Não pretendo aqui ensinar como fazer Fichas Catalográficas de maneira exaustiva, mas sim reunir informações encontradas na Internet voltadas à elaboração de uma ficha para um livro de contos de um autor, que foi o meu caso. Tentarei aprimorar este pequeno guia se houverem dúvidas ou pedidos de esclarecimento.

A Ficha Catalográfica tem o seguinte aspecto:

A Ficha tem tamanho padrão de 7,5 cm de altura por 12,5 cm de largura. A linha cinza NÃO CONSTA da ficha, é apenas um indicativo da margem que deve existir para todo o conteúdo da ficha à direita da notação de autor.

Notação de autor. Composta pela inicial do sobrenome do autor em maiúscula, seguida do número da Tabela de Cutter-Sanborn correspondente ao sobrenome do autor (o número anterior, se não houver coincidência), seguida da inicial do título em minúscula.
Atalhos para um gerador de número Cutter-Sanborn, uma tabela, e para o Dewey Cutter Program, um aplicativo para gerar o número.
O nome do autor é grafado SEM RECUO, com sobrenome antes do nome, seguindo as regras para referências bibliográficas, apenas com as iniciais em maiúsculas, e separados por vírgula. Depois de outra vírgula, grafam-se os anos de nascimento e falecimento do autor separados por hífen. Se for autor vivo, consta apenas o ano de nascimento seguido de hífen.

Recuo. Todas as linhas abaixo do nome do autor devem iniciar abaixo da 4ª letra do sobrenome. Usando uma fonte monoespaçada, isso equivale a dar três espaços antes das linhas.
Folhas ou páginas. Cada folha tem duas páginas (frente e verso). Já é comum encontrar a indicação de páginas, que coincide com a numeração interna da obra.
ISBN. Pode ser requerido pelo próprio autor após cadastro na Agência Brasileira de ISBN como Editor Pessoa Física, mas a maioria das editoras oferece o serviço mediante taxa.
Título. Deve ficar a palavra “Título”, não deve ser substituída. Isto indica que o ponto de acesso primário é pelo título da obra.
CDD e CDU. Números obtidos conforme a Classificação Decimal Dewey e a Classificação Decimal Universal.
Para o CDD, utilize a classificação da Biblioteca Nacional, o dewey.info ou consulte os sumários na página da OCLC. O CDD é repetido nos Índices para Catálogo Sistemático, abaixo da Ficha, sem o “B” se houver.
Para o CDU, utilize os sumários na página da UDCC, este livro ou guias como este, este, este ou estas postagens.

Um livro de contos brasileiros fica com o assunto “1. Contos brasileiros. I. Título.”, CDD B869.35 e CDU 821.134.3(81)-3.

 

 

 

SIGLA DESCRIÇÃO
000 Ciência da computação, informação e obras gerais
010 Bibliografia
020 Biblioteconomia e ciência da informação
030 Enciclopédias gerais
050 Periódicos
060 Sociedades, organizações e museologia
070 Jornalismo, editoração e imprensa documentária e educativa
080 Coleções de obras diversas sem assunto específico
090 Manuscritos, obras raras e outros materiais raros impressos
100 Filosofia e psicologia
110 Metafísica
120 Teoria do conhecimento, causalidade e ser humano
130 Parapsicologia, ocultismo e espiritismo
140 Escolas filosóficas específicas
150 Psicologia
160 Lógica
170 Ética
180 Filosofia antiga, medieval e oriental
190 Filosofia moderna ocidental
200 Religião
210 Filosofia e teoria da religião
220 Bíblia
230 Cristianismo e teologia cristã
240 Moral cristã e teologia devocional
250 Congregações cristãs, prática e teologia pastoral
260 Teologia social e eclesiástica cristã
270 História do cristianismo
280 Denominações e seitas cristãs
290 Outras religiões
300 Ciências sociais
310 Coleções de estatísticas gerais
320 Ciência política
330 Economia
340 Direito
350 Administração pública e ciência militar
360 Serviços e problemas sociais; associações
370 Educação
380 Comércio, comunicação e transporte
390 Usos e costumes, etiqueta e folclore
400 Linguagem e línguas
410 Lingüística
420 Língua inglesa
430 Língua alemã
440 Língua francesa
450 Língua italiana
460 Língua espanhola
469 Língua portuguesa
470 Língua latina
480 Língua grega clássica e moderna
490 Outras línguas
500 Ciências naturais
510 Matemática
520 Astronomia e ciências afins
530 Física
540 Química e ciências afins
550 Geociências; ciências da terra
560 Paleontologia; paleozoologia
570 Biologia, ciências da vida
580 Plantas (botânica)
590 Animais (zoologia)
600 Tecnologia (ciências aplicadas)
610 Medicina e saúde
620 Engenharia
630 Agricultura e tecnologias relacionadas
640 Economia doméstica; administração da família e do lar
650 Administração e serviços auxiliares
660 Engenharia química e tecnologias relacionadas
670 Produtos manufaturados
680 Manufatura para usos específicos
690 Construções
700 Artes
710 Planejamento urbano e paisagismo
720 Arquitetura
730 Artes plásticas; escultura
740 Desenho e artes decorativas
750 Pintura
760 Artes gráficas; gravuras
770 Fotografia e arte por computador
780 Música
790 Artes cênicas e recreativas; esportes
800 Literatura e retórica
810 Literatura americana
820 Literatura inglesa
820A Literatura australiana em lingua inglesa.
830 Literatura alemã
840 Literatura francesa
850 Literatura italiana
860 Literatura espanhola
869 Literatura portuguesa
870 Literatura latina
880 Literatura grega
890 Outras literaturas
900 Geografia e história
910 Geografia e viagens
918.1 Geografia e viagens – brasil
920 Biografias, genealogia e insígnia
930 História do mundo antigo até ca. 499
940 História da europa
950 História da ásia; oriente
960 História da áfrica
970 História da américa do norte
980 História da américa do sul
981 História do Brasil
990 História de outras regiões
9999 Assunto não informado
B869 Literatura brasileira
B869.1 Poesia brasileira
B869.2 Teatro brasileiro
B869.3 Ficção e contos brasileiros
B869.4 Ensaios brasileiros
B869.5 Discursos brasileiros
B869.6 Cartas brasileiras
B869.7 Humor e sátira brasileiros
B869.8 Miscelânea de escritos brasileiros (inclui mais de um genêro e crônica e literatura infanto-juvenil brasileira)

Comentários no Facebook