GERAÇÕES

13 de dezembro de 2014 em Geral

Antes de mim,
minha mãe.
Antes dela,
tantas outras.
Mães, mulheres,
avós, tias,
todas espírito,
todas coragem,
todas cargas,
todas carmas,
todas saudade,
todas solidão.
Todas elas,
todas eu,
todas nós.
Até, o dia,
em que o hoje se fizer ontem,
e eu, simplesmente,
deixar-me de ser
e me refizer nelas.

Lin Quintino

Comentários no Facebook

Pular para a barra de ferramentas