nosso amor

8 de abril de 2017 em Geral

Nosso amor

Marcos Correia

 

Embora num deserto pobre… Eu vi tudo aquilo,

Fui tão sincero… É nada belo…

Ferido!  Que a marca nos deixa no corpo,

Ou quem sabe nos avisa de algo perigoso

Da falsidade das palavras – É a verdade

Delirando no mato queimado

De um céu manchado pela decepção.

 

Então nosso amor explode tudo…

Então a voz quebra o sossego…

E você não se importa com o barulho

Ignorando… Sempre fugindo de mim.

 

Quebra as telhas do tempo cruel…

É nevoeiro que dança em nossa cama,

É um aviso… Um dia explicado

Que pode falar só olhando.

Comentários no Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas