Programas do governo que foram criados com a intenção de gerar emprego

Quando falamos da recorrente situação de desemprego no país, estamos falando n;ão somente em questão de oferta e demanda. Muitas empresas alertam que o problema de preencher suas vagas é a falta de capacitação profissional para determinada área.

Pensando nisso, o Governo já lançou alguns programas a fim de reverter esse cenário e melhorar a qualidade do profissional que atua no mercado. Isso, é claro, sem precisar que quem está em busca de emprego precise pagar por sua profissionalização.

Conheça a seguir quais são esses programas e de que forma os brasileiros pode utilizá-los para ingressar com sucesso no mercado de trabalho:

Pronatec

Vamos começar falando do Pronatec. A sigla é refente ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego e como o próprio nome indica, o seu objetivo é promover o acesso ao ensino técnico capacitando jovens e adultos interessados.

De todos os programas, o Pronatec que se destaca por levar em consideração a demanda do mercado. Isto quer dizer, que o programa atua oferecendo cursos gratuitos com maior probabilidade de empregar seus estudantes.

Os cursos gratuitos Pronatec SP 2020por exemplo, estão com grande possibilidade de formação para áreas de exatas e tecnologias, cursos bastante procurados para esse ano.

O curso técnico apresenta mutias vantagens para os estudantes e entre elas, está a sua duração que fica em torno de alguns meses a até 3 anos.

Confira abaixo alguns dos cursos Pronatec 2020:

  • Técnico em Desenho de Construção Civil;
  • Técnico em Edificações;
  • Técnico em Armamento de Aeronaves;
  • Técnico em Artilharia;
  • Técnico em Cervejaria;
  • Técnico em Confeitaria;
  • Técnico em Panificação.
  • Técnico em Artesanato;
  • Técnico em Cenografia;
  • Técnico em Comunicação Visual;
  • Técnico em Petroquímica;
  • Entre outros.

Jovem Aprendiz

O programa Jovem Aprendiz é literalmente uma proposta para gerar emprego. Também desenvolvido pelo Governo Federal, o programa promove oportunidades par o primeiro emprego de jovens até 24 anos.

A proposta é possível através de parcerias com grandes instituições do mercado. E vale mencionar que além de promover emprego remunerado, o aprendiz também recebe instrução e capacitação necessária para atuar.

Muitos jovens já foram contemplados com uma vaga e puderam ingressar mesmo sem experiência no mercado de trabalho. Jovens que ainda estão cursando o Ensino Médio também podem participar.

O contrato de trabalho para as funções de Jovem Aprendiz é um pouco diferente das outras categorias de trabalho, podendo ser de até seis horas diárias, sem atrapalhar a carga horária escolar do estudante em questão.