Você está no arquivo de serrobfer 12345lua6789sol1951.

Bem assim o meu jeito…

20 de junho de 2017 em Geral

Rio Grande velho de guerra,
O berço dos Farroupilhas,
Sou cria desta terra,
Percorrendo várias trilhas,
Enfrentando obstáculos,
Sem medo nenhum de encarar,
Assistindo muitos espetáculos,
Mas quem sou eu pra julgar,
Sou simples, humilde, sensato,
E o meu caráter é virtude,
Tenho o dom de ser pacato,
Responsabilidade na atitude,
Sou gaudério, sou cancioneiro,
E admiro a coisa certa,
Sou amigo, sou companheiro,
E também hospitaleiro,
Se aprochegue que a porteira está aberta…
Sérgio o Cancioneiro

Obrigado Patrão velho…

20 de junho de 2017 em Geral

Obrigado Patrão Velho,
Por conceber-me a condição,
De trilhar minha estrada,
Em busca de meus ideais,
Seja qual for o destino que me espera…
Sérgio o Cancioneiro

Não deu certo! Mas te amei…

20 de junho de 2017 em Geral

Não deu certo, mas te amei, tentei e não consegui,
Descer do carro com estilo, porta aberta pelo segurança,
Roupas caras, caminhar com postura, ambiente de luxo,
Sorrir com elegância, sentar à mesa sem cometer erros,
Comer com formalidades,
Regido por etiquetas e estilos sociais,
Mansão, sítio fins de semana, barco para passear,
Carros importados, viagens, hotéis famosos,
Teatro, praias etc…não deu certo mas te amei,
O meu mundo é outro, bem diferente do seu,
Tentei, mas não consegui ser diferente do que sou,
Mas te amei…
Sérgio o Cancioneiro

Perdido pela liberdade…

20 de junho de 2017 em Geral

Liberdade, solidão, fuga,
Esse é um vício meu,
Andar por caminhos,
Buscando carinhos,
E o que um dia foi teu,
Entregar à alguém,
Nem que eu vá além,
Dos meus limites,
Repudiando convites,
De quem não me convém,
Na realidade,
Essa liberdade,
Está me levando pra onde nem mesmo eu sei…
Sérgio o Cancioneiro

Sou assim mesmo…

20 de junho de 2017 em Geral

Sou sensível, presa fácil, me doo por inteiro,
não sei lutar contra as tempestades sentimentais,
sou sempre derrotado nas batalhas do amor,
não que minhas armas sejam fracas, é que eu só enfrento,
grandes potências…
Sérgio o Cancioneiro

Meu recado…

20 de junho de 2017 em Geral

Quero aqui deixar um recado,
Pra quem fala que eu não presto,
Inveja e falsidade é tudo que detesto,
Mas empurro com a barriga,
Pois quase toda essa intriga,
Cada vez me fortalece,
Com isso minha fama cresce,
Meu sucesso se divulga,
Por essa gente que me julga,
Sem ao menos me conhecer,
Ou por um simples prazer,
De atrapalhar meu caminho,
Mas eu mesmo sozinho,
Caminho firme na escuridão,
Tenho Deus no coração,
E São Jorge meu protetor,
Por isso sou vencedor,
De tudo que me proponho,
Por que todos os meus sonhos,
Estou realizando aos pouquitos,
Ninguém me leva no grito,
Denegrindo minha imagem,
Pois tudo isso é bobagem,
De gente recalcada,
Que se sente enciumada,
Por todas minhas conquistas,
Pois quem diz que sou artista,
É quem aplaude o meu trabalho,
E sabe o quanto eu batalho,
Com dificuldade, dignidade e respeito,
E conheço bem meu direito,
Sou gaúcho de quatro-costados,
E deixo aqui meu recado,
Meu abraço e muito obrigado…
Sérgio o Cancioneiro

Sou tudo para quem é tudo…

20 de junho de 2017 em Geral

Valorizo quem me dá valor,
Correspondo, quem me corresponde,
Sou amigo, de quem é meu amigo (a),
Meu sorriso, pra quem sorri pra mim,
Minha lágrima, pra quem chora comigo,
Meu abraço, pra quem precisa dos meus braços,
Meu carinho, pra quem precisa de afeto,
Meu tempo, pra quem tem tempo pra mim,
Minha atenção, para quem tem atenção para comigo,
Minha disponibilidade, para quem está disponível também,
Enfim meu tudo, pra quem é tudo pra mim…
Sérgio o Cancioneiro

Teu bilhetinho…

20 de junho de 2017 em Geral

O bilhetinho….
Porque fizesses comigo, o que eu jamais te faria,
Se querias terminar, eu até compreenderia,
Vem dizer que não me quer, vem me dar uma solução,
Se não eu continuarei, a esperar-te em vão,

Tuas palavras tão lindas, que eu adorava ouvir,
Mas nunca pude pensar, que um dia fosses partir,
Quando tu me conheceu, fui pra ti tudo o que pude,
E depois tu me abandona, é injusta a tua atitude,

Tu nunca sofreu assim, e nem amas-te como eu,
Eu não vou mais lamentar , por quem não me mereceu,
Segue em frente e boa sorte, está livre o teu caminho,
Leia isto e jogue fora, rasga bem em pedacinho…
Sérgio o Cancioneiro

Simplesmente um amigo…

20 de junho de 2017 em Geral

Eu quero ser para os meu amigos e amigas o que eles (elas) querem realmente de mim ! Simplesmente um amigo.
Sérgio Cancioneiro

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas